Os clássicos do cinema na obra de Chespirito

A genialidade de Roberto Gomez Bolaños já está mais do que provada. Como ator, escritor, diretor e até compositor, ele conseguiu e ainda continua, mesmo após sua morte, a influenciar gerações com seus personagens que sobrevivem na mente do público há mais de quatro décadas. Mas como todo gênio, Chespirito, como é conhecido no México, também teve suas influências, seja das obras da literatura clássica, do ambiente artístico mexicano, como do cinema norte-americano. Em seu trabalho é possível perceber várias homenagens, paródias e inspirações originárias diretamente do que hoje são considerados os clássicos da era de ouro de Hollywood, mas que na juventude dele,  nascido em 1929, era somente o bom e velho cinema.

Listamos a seguir as vezes em que o cinema clássico serviu de inspiração para o trabalho de Chespirito, nos seriados Chaves e Chapolin Colorado.

A Múmia

MUMIA1
Uma Múmia Bastante Egípcia

No episódio Uma Múmia Bastante Egípcia Chapolin Colorado é chamado por um grupo de exploradores que entram em uma pirâmide egípcia e encontram uma múmia viva. Situação muito semelhante ao do filme norte-americano A Múmia, de 1932, em que o ator Boris Karloff interpreta uma múmia que retorna à vida, devido a uma maldição. O filme A Múmia, de 1999, estrelado por Brendan Fraser e Rachel Weisz é um remake dele.

MUMIA2
A Múmia, de 1932, um clássico da Universal Pictures

O Homem Invisível

invisivel1
O Espião Invisível

Em O Espião Invisível um cientista cria um verniz que é capaz de tornar objetos invisíveis. No entanto, a fórmula cai nas mãos de um espião e Chapolin é chamado para ajudar a capturá-lo. A ideia geral do episódio lembra bastante o filme O Homem Invisível, outro clássico da Universal Pictures, produzido em 1933, em que um homem descobre a fórmula da invisibilidade, mas acaba perseguido após se tornar agressivo.

invisivel2
O Homem Invisível, de 1933, outro clássico da Universal Pictures

O Abominável Homem das Neves

abominavel1
Ramón Valdez encarna o Abominável Homem das Neves

Nesse episódio, Chapolin é convocado por um casal que entra em uma cabana abandonada para se abrigar de uma tempestade de neve e ao mesmo teme ser atacado pelo Abominável Homem das Neves. No filme inglês de 1957, conhecido no Brasil como O Abominável Homem da Neve ou O Monstro do Himalaia, um grupo de exploradores vai ao Himalaia em busca do Ieti, a lendária criatura que vaga pela neve.

abominavel2
Filme O Monstro do Himalaia , de 1957

Buffalo Bill

buffalobill
O episódio de Buffalo Bill de Chapolin conta o outro lado da história

Na versão de Chespirito para a história do personagem Buffalo Bill, Chapolin é chamado pela tribo Sioux para defendê-los do ataque do aventureiro norte-americano, inimigo dos índios. No filme Buffalo Bill, estrelado por Joel McCrea e Maureen O’Hara, produzido em 1944, o personagem é um herói que luta contra as atrocidades dos indígenas selvagens do oeste americano.

buffalobill2
O filme norte-americano de 1944 mostra Bill como herói

Faroestes

faoreste
O Velho Oeste está presente em vários episódios de Chapolin Colorado

Em vários episódios com os vilões Racha Cuca e Quase Nada, Chapolin é transportado para o Velho Oeste norte-americano, com cenários e personagens caracterizados de forma muito semelhante aos filmes de Hollywood.

faoreste2
Rancho Notorious, ou O Diabo Feito Mulher, de 1952, pode ter sido uma das inspirações

Piratas

piratas
Episódios com piratas eram recorrentes em Chapolin

Nos episódios de piratas, como Os Antigos Piratas do Caribe a influência vem de filmes americanos famosos do gênero, lançados muito antes da moderna franquia Piratas do Caribe, com Johnny Depp. Alguns títulos são Capitão Blood, de 1935 e O Pirata, de 1948.

PIRATAS2
Capitão Blood, de 1935, um dos grandes filmes de pirata

Gangster

GANGSTER
Um dos vilões do episódio com Tripa Seca tem uma cicatriz semelhante ao do protagonista de Scarface

Quando o vilão Tripa Seca entra em cena, é a vez dos filmes de gangster norte-americanos ganharem destaque. A caracterização dos personagens e os cenários remetem às criações dos estúdios de Hollywood, como o filme Scarface, de 1932.

GANGSTER2
Scarface – A vergonha de Uma Nação, de 1932

O Professor Aloprado/ Jerry Lewis

JERRY LEWIS1
O Professor Aloprado de Jerry Lewis é outra figura recorrente

Além de ser diretamente mencionado na homenagem feita no episódio O Show Deve Continuar, o famoso ator de comédia norte-americano Jerry Lewis, em seu Papel no filme O Professor Aloprado (1963), pode ter inspirado a caracterização de Carlos Villagran (o Quico), em vários episódios de Chapolin Colorado, como De Noite Todos os Gatos Fazem Miau e Chapolin Vemos, Cérebro Não Sabemos.

JERRYLEWIS2
O Professor Aloprado, de 1963

Cleópatra

CLEOPATRA2
A Rainha do Egito encarnada por Florinda Meza

A famosa rainha egípcia, encarnada no emblemático filme de 1963 por Elizabeth Taylor, também ganhou sua homenagem de Bolaños. No episódio de Chapolin Colorado Cleópatra, que tem pelo menos duas versões, ele recria a história da monarca com muito humor.

CLEOPATRA
Richard Burton e Elizabeth Taylor em uma cena de Cleópatra, de 1963

Minha Bela Dama

MINHABELADAMA
Florinda Meza como Eliza, A Vendedora de Flores

Esse é um dos casos mais marcantes. Em A Vendedora de Flores, Chapolin conta a um homem incrédulo quanto a possibilidade de mudança das pessoas uma versão curta de Minha Bela Dama – filme de 1964 estrelado por Audrey Hepburn e Rex Harrison. Na trama, uma vendedora de flores, pobre e rude, é acolhida por um homem rico que a transforma numa dama da sociedade.

MIHABELADAMA2
No cinema, Eliza foi Audrey Hepburn

O Show Deve Continuar

Em O Show Deve Continuar, episódio dividido em seis partes, Chapolin está em um antigo estúdio de cinema que foi vendido. Um velho empregado do local, triste com a situação, chama o herói para consolá-lo e aproveita para fazer uma visita a vários cenários, onde conta sobre os grandes clássicos rodados lá.

CHPALIN CARLITOS
Chespirito como Carlitos e Chaplin em seu personagem mais famoso à direita
GORDO E O MAGRO
O Gordo e o Magro também foi parodiado
FRANKSTEIN
À esquerda, Ruben Aguirre foi Frankenstein, personagem de Boris Karloff, em 1931, à direita.
BUTTERLFY
Madame Butterfly, com Cary Grant and Sylvia Sidney, de 1932, também foi recriado
CAMILLE
Florinda Meza fez o papel que Greta Garbo fez no cinemas em A Dama das Camélias, de 1936
CANTANDONACHUVA
Chespirito também fez sua homenagem ao clássico Cantando na Chuva, de 1952
QUOVADIS
O clássico bíblico Quo Vadis, de 1951, também foi inspiração para o mexicano
SALOMAO
Outra história bíblica, Solomão e a Rainha de Sabá, de 1958, foi parodiado

E o Vento Levou

e o vento levou
O início de A Guerra de Secessão lembra uma cena clássica de E o Vento Levou, de 1939

Um dos maiores clássicos do cinema hollywoodiano também marca presença na lista. Presente somente na versão com dublagem brasileira do seriado, a trilha musical tema do filme E o Vento Levou, de 1939, serve de fundo quando entra em cena o romantismo dos encontros de Dona Florinda e Professor Girafales. Além disso, no episódio de Chapolin A Guerra de Secessão a trama tem como pano de fundo a guerra entre o norte e o sul norte-americanos, com alguns elementos que lembram o filme estrelado por Vivien Leigh e Clark Gable.

e o vento levou2
Vivien Leigh no filme E o Vento Levou, que teve a música tema usada no momento romântico de Dona Florinda e Professor Girafales

A Roda da Fortuna

chaves dia das crianças 2
Número musical do episódio O Dia das Crianças

No episódio de O Dia das Crianças o número musical “É Aqui”, em que estão presentes algumas crianças da vila – todas em corpos diminutos – parece ter sido inspirado em “The Triplets”, um número do filme A Roda da Fortuna, de 1953, estrelado por Fred Astaire e Cyd Charisse.

vlcsnap-2015-08-19-21h38m47s157
“The Triplets”, número de A Roda da Fortuna, de 1953

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s